Neste domingo (2), a Bahia comemora 194 anos de independência. O tema dos festejos, sob a coordenação da Fundação Gregório de Mattos (FGM), é "Salvador - Marco da Independência", exaltando o papel da primeira capital do país na luta pela libertação do domínio português. 
 
Um alvorada com queima de fogos na Lapinha, acontece às 6h, e abre a programação da data. Às 9h, as bandeiras do Brasil, da Bahia, de Salvador e do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB) são hasteadas sob a execução do Hino Nacional pela Banda de Música da Marinha do Brasil. 
 
Em seguida, os carros emblemáticos do Caboclo e da Cabocla são entregues pelo presidente do IGHB, Eduardo Morais de Castro, para que desfilem pelas ruas do bairro da Liberdade, Santo Antônio Além do Carmo, Pelourinho e Avenida Sete de Setembro em direção ao Largo Dois de Julho (Campo Grande). O cortejo cívico que acompanha os carros do caboclo e da cabocla sai da Lapinha às 9h30.
 
O 194º ano de comemorações do Dois de Julho será finalizado por volta das 17h, no Campo Grande, em ato simbólico de hasteamento das bandeiras do Brasil, Bahia e Salvador, colocação de coroas de flores no monumento ao 2 de julho pelas autoridades presentes e acendimento da Pira do Fogo Simbólico pelo atleta cabo da Polícia Militar da Bahia, José Francisco Rodrigues.